BENEFÍCIOS DO CHÁ (Cont.)




A importância da qualidade do chá escolhido

Para que os efeitos terapêuticos desta bebida sejam efetivos é fundamental escolher um chá de qualidade, de preferência biológico. Ao adquirir o seu chá procure saber mais sobre a sua origem, se é proveniente de agricultura biológica, o terroir e a sua altitude, tipo de colheita (seleção de folhas, rebentos e folhas novas, ou folhas grandes), época de colheita (a colheita de Primavera possui maior concentração de polifenóis), ano de produção, e tipo de processamento (método e grau de oxidação).

No que respeita aos tipos de chá com maior valor medicinal, embora todos chás sejam provenientes da camellia sinensis e ofereçam efeitos benéficos, os chás menos oxidados como o branco e o verde normalmente possuem uma maior quantidade de antioxidantes ou catequinas, por vezes de teína, sendo ideais para beber durante a manhã ou início da tarde. Ficam algumas sugestões: o chá branco da China agulhas de prata (foto acima) e o verde poço do dragão; os chás verdes do Japão, matcha, um chá verde muito raro usado na cerimónia do chá japonesa, composto de folhas novas, cultivadas à sombra antes da colheita e moídas numa textura fina, com forte poder antioxidante para consumir quando precisa de energia extra, gyokuro, um chá raro com propriedades semelhantes, mas composto de folhas novas inteiras, e o sencha, um chá que pode beber-se diariamente e bastante rico em fitonutrientes. Ainda do Japão, mas mais comuns e com teor mínimo de teína, para beber ao longo do dia: o bancha, um chá verde com folhas grandes e o Kukicha, um chá verde composto por caules e folhas finas. Ter como hábito alternar entre diferentes chás proporciona ainda melhores resultados na saúde.

O chá como fonte de equilíbrio e bem-estar espiritual

De acordo com a medicina chinesa o equilíbrio é o segredo da saúde.   

O equilíbrio, a harmonia entre corpo, mente, e espírito são conceitos que estão no centro da filosofia de vida oriental. E o chá convida a descobrir esse caminho diariamente.

O ritual de preparação e degustação do chá ajuda a acalmar a mente, e incita à contemplação do momento presente, libertando o corpo de tensões diárias. O perfume do chá evoca os aromas da natureza, e a pausa para apreciar esta bebida, é um momento único, que interrompe o ritmo do tempo, e as suas várias solicitações, para nos trazer de volta o que é essencial: a serenidade e a paz interior.

Depois de um chá, mente e corpo estão em harmonia, partilham uma nova energia, e tudo se torna mais simples. E é também, por isso, que o chá é uma fonte de equilíbrio e bem-estar espiritual.

Fontes consultadas:

 

Alves, Vítor (2009), O chá – Da história à arte de beber e a sua importância na saúde.  Lisboa: Padrões Culturais Editora.

 

Carliss, Julie, «Brewing evidence for tea’s heart benefits» in Harvard Heart Letter, Junho 2015. Documento electrónico:

http://www.health.harvard.edu/heart-health/brewing-evidence-for-teas-heart-benefits

 

Marmot, Michael et al (2007), Food, Nutrition, Physical Activity and the Prevention of Cancer: a Global Perspective. Washington: American Institute for Cancer Research e World Cancer Research Fund International. Documento electrónico: http://www.aicr.org/assets/docs/pdf/reports/Second_Expert_Report.pdf


Solan, Matthew, «Health benefits linked to drinking tea» in Harvard Men’s Health Watch, Setembro 2014. Documento electrónico:   http://www.health.harvard.edu/press_releases/health-benefits-linked-to-drinking-tea

 

Ware, Megan, «Green tea: Health benefits, side effects, and research» in Medical News Today, 28 de Março de 2017. Documento electrónico: http://www.medicalnewstoday.com/articles/269538.php

 

Yu, Lu (2005) [séc. VIII], trad. Maria Teresa Janardo Pereira, Cha Jing ou O Clássico do Chá. Lisboa: Tribuna da História.