CASA DE CHÁ DE SANTA ISABEL

Um chá com histórias que nos aconchegam o coração

 
       

Este é um lugar especial desde logo pelo ambiente acolhedor que possui, e sobretudo pela sua história. O salão de chá das Vicentinas, nome que manteve até 2011, nasceu no final dos anos 50, no âmbito de uma obra social que visava ajudar as famílias do carenciado bairro da Curraleira. Graças ao empenho do Grupo de Vicentinas da Obra de Nossa Senhora do Amparo foi criado um atelier para ensinar a arte da costura às mulheres desse bairro. O projeto cresceu e era necessário ter um local para a divulgação e venda das suas coleções, o que acabaria por concretizar-se, com a abertura deste espaço: aos desfiles de moda aliava-se o charme do chá e uns scones maravilhosos, tinha nascido uma importante tradição desta Casa. Se com o tempo os desfiles de moda deixaram de acontecer, outras iniciativas surgiram, como workshops de costura e escrita criativa, e aos famosos scones juntaram-se muitas outras iguarias de fabrico próprio: o famoso bolo russo uma receita imperdível com doce de ovos, amêndoas e nozes, a delícia de chocolate ou a torta de laranja - sempre acompanhadas de um bom chá.

Remodelada em 2011, data em que passou a chamar-se Casa de Chá de Santa Isabel esta Casa mantem-se fiel aos princípios das suas fundadoras e contribui com a totalidade dos seus lucros para as obras sociais da Paróquia de Santa Isabel. É também por isso o espaço ideal para eventos familiares, um almoço com amigos, festas de aniversário, um lanche-tertúlia ou simplesmente para apreciar um Earl Grey e uma fatia do seu bolo favorito. Quem não conhece esta Casa deve visitá-la, é que como uma boa amiga aconchega-nos o coração e apetece sempre voltar a vê-la.